O setor elétrico e os eventos climáticos extremos

Inspirado a chamar atenção para um assunto que nunca foi visto tão de perto pelo meio audiovisual, o documentário Ameaças do Céu segue a todo vapor na fase de pré-produção. A exemplo de situações que serão abordadas no documentário, eventos climáticos provocam consequências no setor elétrico, como as tempestades severas que ocorreram em junho deste ano, no estado de São Paulo. Foram 89 municípios afetados pela ocorrência de pedras de granizo, ventos acima de 100 km/h e dezenas de milhares de raios por dia. Campinas foi uma das cidades mais atingidas após seis dias de tempestades, que causaram a queda de 26 torres de transmissão de energia e avarias em outras 55. O saldo dessa catástrofe resultou em números nunca registrados antes em um período tão curto e isso tem preocupado o setor elétrico, que enxerga a real necessidade de encontrar novas maneiras de gestão para enfrentar o aumento de eventos climáticos extremos.

 

Crédito da imagem: Rodrigo Ávila (Juiz de Fora – MG)